Destinos de Portugal
CONTACTOS
O MEU ROTEIRO
INICIAR SESSÃO
Alcácer do Sal
Cidades, Vilas e Aldeias
Alcácer do Sal é uma cidade histórica, debruçando-se em anfiteatro sobre o rio Sado, povoada de velhos bairros medievais e encimada por um castelo de base muçulmana. Alcácer do Sal é a sede de um município de grandes dimensões (o segundo maior do País), com 1479,94 km² de área, mas apenas pouco mais de 13 mil habitantes, subdividido em quatro freguesias: Comporta, São Martinho, Torrão e União de Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana.
O concelho é limitado a norte pelos municípios de Palmela, Vendas Novas e Montemor-o-Novo; a nordeste, por Viana do Alentejo; a leste, por Alvito; a sul, por Ferreira do Alentejo e por Grândola; a oeste, também por Grândola, através de um braço do Estuário do Sado e a noroeste, através do Estuário do Sado, por Setúbal.
A poucos quilómetros da cidade de Alcácer, seguindo o curso do rio Sado para jusante, encontra-se a Reserva Natural do Estuário do Sado, que se desenvolve ao longo de cerca de 23.160 hectares, a maior parte dos quais correspondendo a zonas húmidas, nomeadamente canais, esteiros e sapais.

Locais de interesse:

Torrão – O encanto desta freguesia emana das ruas e das casas encimadas por enormes chaminés. Torrão recebeu foral manuelino em 1512. Terá sido berço de Bernardim Ribeiro, famoso poeta e escritor quinhentista.
A 35 quilómetros da sede do concelho, possui uma igreja paroquial que é monumento nacional. Fora da vila, a caminho de Vila Nova de Baronia, surge, na extensa planície, uma construção singular – joia da arquitetura popular – a Ermida de Nossa Senhora do Bom Sucesso.
Numa paisagem de olivais e trigo, não faltam os rebanhos de ovelhas, cujo leite permite o fabrico de produtos de qualidade: queijo e queijadas. No vale de Xarrana (afluente do Sado) ressaltam as azenhas e os freixos.
A barragem de Vale de Gaio é um dos locais ideias para a prática da vela, do windsurf e da pesca desportiva. Junto às suas águas existe um esplêndido hotel a convidar ao repouso e à contemplação da paisagem da região.

Comporta - Esta aldeia com crescente importância turística situa-se a pouca distância da costa oceânica e tem um conjunto arquitetónico equilibrado, que constitui um testemunho contra a uniformização e despersonalização típicos do desenvolvimento moderno. Uma das principais produções desta zona é o arroz. Destaca-se, nesta freguesia, a Carrasqueira, povoado de pescadores integrado na Reserva Natural do Estuário do Sado.

Carrasqueira – As atividades destes habitantes dividem-se entre a lida da terra e a faina marítima. A última é uma das atividades tradicionais das populações estuarinas que maior expressão económica tem atualmente. Destaca-se o porto de pesca palafítico, construção única na Europa que oferece uma boa perspetiva sobre os sapais. Ainda existem aqui as tradicionais habitações feitas em madeira, caniço e “bacejo” ou “estorno”.

Santa Susana – Pequena aldeia de casas brancas a sobressair das searas e dos sobreiros. Destacam-se a igreja e as suas duas magníficas pinturas sobre madeira, do séc. XVI. A barragem de Pego do Altar, nesta freguesia, é também convidativa. Entre os bosques e o céu azul, a superfície espelhada das águas presta-se aos prazeres e ao desafio das atividades aquáticas.

Herdade do Pinheiro – Constitui um exemplo de arquitetura e urbanismo populares, com casas brancas ordenadas num conjunto equilibrado. Do alto do Monte do Pinheiro dá para ver uma grande parte do Estuário do Sado. Aqui nidificam várias espécies de aves, anatídeos e limícolas. Durante a época romana, existia nesta herdade um centro industrial de salga de peixe, considerado um dos mais importantes do Mediterrâneo Ocidental.

Abul - De fundação fenícia, é um edifício de orientação comercial, datado século VII – VI a.C. O Museu de Arqueologia e Etnografia tem aqui desenvolvido várias campanhas arqueológicas.
 
Villa Romana de Santa Catarina de Sítimos – Estação arqueológica onde foram desenvolvidas escavações em 2006 e 2007, que revelaram uma piscina monumental e um santuário provavelmente dedicado à deusa Vénus. É possível efetuar visitas guiadas, com marcação prévia junto do Posto de Turismo ou do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Fonte: http://www.cm-alcacerdosal.pt/

Localização

Avaliação

Pontos: 7 / Votos: 2
Total: 3.5/5

Comentários

© Destinos de Portugal - Todos os direitos reservados